20 setembro, 2008

Nemomatic - Arte do lixo



Acumulando lixo pós-consumo durante anos e uma vida inteira absorvendo cultura pop, Nemo Gould tem colocado a sua assinatura e seu estilo em metais cinéticos e esculturas durante 20 anos.


Velhos aspiradores de pó, dentaduras usadas, motores de máquinas de costurar, todos acham seu exato lugar nas criaturas surreais e esculturas abstratas que ele constrói. Visto aqui.

More information here.

2 comentários:

  1. Olá Fernanda,

    Meu nome é Marco Antonio Dalama e faço parte de um grupo que busca soluções ou mitigações para o problema do lixo marinho na Ilha do Cardoso.

    Dê uma olhada nessa reportagem que fizemos: http://www.globalgarbage.org/praia/2011/11/25/lixo-marinho-invade-a-ilha-do-cardoso/

    Pois bem, estamos buscando artista(s) plástico(s) que pudesse contribuir em ações de construção de instalações, ou esculturas ou objetos artísticos com o lixo marinho (provindo de diversos países) que chega até as praias da ilha. Dentre diversas ações de intervenções ecológico-culturais e de educação sócio-ambiental, iremos realizar uma exposição em uma grande galeria do Rio de Janeiro durante o Rio+20.

    Você(s) poderiam nos apoiar?

    Me responda no e-mail: mdalama2@yahoo.com.br

    Abraços!!

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Deixe o seu comentário